Três programas simples e incríveis em Londres

O lugar que eu mais amo no mundo é Londres. Fui para lá pela primeira vez em 2007, com 18 anos, para ficar dois meses estudando inglês. AMEI. Seis meses depois voltei para ficar mais um mês e aí não teve jeito. Já estava totalmente apaixonada pela cidade. Não é que eu não ache que a cidade tem problemas, eu sei que tem, todo lugar tem, mas eu gosto de tudo em Londres. Do metro que é caro, mas incrível, das pessoas que não são tão “dadas” como nós brasileiros, mas são bastante educadas e simpáticas, dos parques, das atrações, enfim, da energia da cidade.

Acredito muito nisso. Na energia da cidade. Todo lugar é assim, você chega e já sente qual é a daquele lugar. E Londres é acolhedora (apesar de ser uma metrópole). Tem espaço pra todo mundo, sem julgamentos. Tenho a impressão que todo mundo se sente em casa dali. Ainda assim, acho muito difícil falar de lá. Afinal, como explicar sensações e sentimentos? Muito do que vou postar aqui tem Londres envolvida, pois sempre que posso volto pra lá. Por isso achei válido explicar a minha relação com a cidade.

Ainda não é hora para um roteirão, por isso, pra começar, três programas simples e incríveis que amo fazer em Londres. Ah, e de graça hein. Veja só:

1- Passar uma tarde (ou um dia) no Hyde Park

O Hyde Park é um dos principais parques da cidade. Na minha opinião o mais gostoso. Por incrível que pareça, na primeira vez que fui pra Londres não dei muita bola pro Hyde Park. Fiquei dois meses lá e sequer pisei no local. Tá, era inverno, anoitecia cedo, mas ainda não me perdoo.

Para compensar da segunda vez fui TODOS os dias. Sempre saía da aula e passava por lá. As vezes ficava a tarde toda. Deitava na grama e dormia. Fazia minha homework lá. Tudo era desculpa para ficar uns minutinhos na grama.


Além de lindo, o local representa muito do que é Londres. Tem todo o tipo de pessoa. Eu adorava ficar horas olhando as crianças muçulmanas correndo pela grama e as mães, todas de burca, correndo atrás.

Aproveite o local para fazer um piquenique ou até seu almoço. Ali pertinho, próximo da estação Mable Arch tem um McDonalds, um KFC e um Pret a Manger. Pegue um sanduba e leve para comer no parque. É incrível.

2- Fique de bobeira na Trafalgar Square

Já deu pra perceber que eu adoro “fazer nada” nos melhores lugares de Londres né? A Trafalgar Square é incrível. Fica bem na frente da National Gallery e dá até pra ver um pedacinho do Big Ben dali. Pegue um café na Leicester Square, desça até a praça e simplesmente passe um fim de tarde no local. É revitalizante =D

3- Vá ao Big Ben/London Eye a noite

Esse programa eu gosto de fazer logo no primeiro dia de viagem e no último quando dá. Das últimas vezes que fui fiz logo no primeiro dia.

Pegue o metrô e desça na estação Westminster. Na saída das catracas vire à direita e a direita novamente. Você vai sair quase que embaixo do Big Ben e bem na frente da London Eye.


Ver o local todo iluminado é incrível e mostra bem a beleza e imponência desses dois pontos turísticos da capital inglesa. Vale a pena tirar dois minutinhos pra admirar o Big Ben. Ele nem é tão grande, chega a ser pequeno perto da Torre Eiffel, por exemplo, mas é TÃO lindo. Cheio de detalhes. Pra mim uma das obras de arquiteturas mais lindas do mundo.

(Fotos: Bruna Quintanilha)

Deixe uma resposta