Seis parques para se exercitar na Europa

Você é daqueles que viaja e leva o tênis de corrida na mochila? Na Europa alguns dos melhores parques estão localizados em áreas centrais das cidades. Um verdadeiro convite para se exercitar mesmo estando de férias. O melhor de tudo é que o esforço físico é recompensado com paisagens maravilhosas. Listamos seis locais deslumbrantes para você realizar suas atividades. Aproveite a experiência!

Hyde Park

Londres é pródiga em parques. Por onde é que você ande vai encontrar áreas verdes em abundância mesmo perto dos principais pontos turísticos. Nosso destaque, que teve até post aqui no blog, é o Hyde Park, com uma área de 145 hectares bem no centro da capital da Inglaterra. O espaço é suficiente para a prática de caminhada, corrida e ciclismo (com totens para alugar bicicletas por apenas 2 libras a diária). Barcos também podem ser locados para quem quer se aventurar no remo.

hydepark

Uma sugestão para quem quer passar por outras áreas verdes é começar o exercício nas proximidades da Parliament Square. Siga pelo St James`s Park, Green Park e finalize no Hyde Park. Um único passeios por três dos principais parques da cidade.

stjamespark
Jardim de Luxemburgo

Um lugar lindo e agradável no centro de Paris. Usado para descanso, banho de sol, piqueniques, conversas sem pressa, leitura e, claro, exercícios. Inaugurado no século XIX, o Jardim de Luxemburgo tem 23 hectares de extensão. Ele está localizado em uma área nos arredores do Boulevard Saint Michel e Boulevard Saint Germain. Coloque o tênis e tire proveito desse cenário privilegiado. Algumas quadras de tênis também estão espalhadas pelo parque. Uma boa dica para tiver interesse em disputar uma partida.

luxemburgo
Vondelpark

O principal parque de Amsterdã atrai todos os dias de corredores a skatistas. Ciclistas, como em toda capital da Holanda, não ficam de fora. Cerca de dez milhões de pessoas passam por ano no parque de estilo inglês. Aprecie as belas lagoas e bosques que compõe a área. O Vondelpark está a uma curta distância da Museuplein. Algumas esculturas interessantes estão espalhadas pelo Vondelpark. Apresse o passo, mas não deixe de contemplar a paisagem.

vondelpark
Parque del Buen Retiro

Um lugar imperdível para quem quer unir corrida e paisagem espetacular. O Jardim del Buen Retiro, no centro de Madri, é um dos mais belos parques da Europa. A Puerta de Alcalá é a principal referência para chegar ao parque que foi aberto ao público em 1896.

buenretiro

É preciso muito fôlego para percorrer todas as áreas. Ou seja, ideal para que quer suar a camisa. O extenso lago no centro do Bom Retiro permite ainda aluguel de barcos. Não deixe de incluir o Palácio de Cristal no percurso.

buenretiro2
Englischer Garten

Nem só de chope, salsicha e torta de maçã vive quem visita Munique. Para queimar todas as calorias que isso resulta só mesmo praticando atividade física. O local indicado, bem no centro da cidade alemã, é o Englischer Garten. Uma área de 3,7 km² para prática de caminhada e corrida. Quem tiver uma bicicleta também pode se aventurar pelo parque. A Torre Chinesa é uma das estruturas que mais chamam atenção na área. As águas que cortam o parque servem até para pegar surfe. Isso mesmo, surfe. Bom, para quem quer terminar o esforço físico e se reidratar como um bom alemão, três jardins de cerveja estão instalados no parque.

englischer
City Park (Városliget)

Um parque completo com monumento histórico, lago, um castelo, um thermas e até um zoológico. O City Park está no final da Andrassy, principal avenida de Budapeste. Um lugar lindo e rico no coração da capital da Hungria.

budapeste

O parque é um resumo dos motivos que fazem Budapeste ser uma das cidades mais interessantes da Europa. Se você quer variar um pouco das corridas e caminhadas, o lago central vira uma imensa pista de patinação nos meses frios. Diversão completa.

budapeste2

Deixe uma resposta