Os piores companheiros para viajar de ônibus

Viajar de ônibus é uma grande loteria. Podemos ter muitas experiências agradáveis, de relaxar em uma poltrona confortável e admirar a beleza da paisagem lá fora durante o trajeto até o destino final. Agora, o certo é que nunca sabemos quando vamos dividir o mesmo veículo com passageiros inconvenientes. Companheiros de viagem que testam até o limite da nossa paciência e aprontam situações que até Deus duvida.

Na nossa viagem pela Europa fizemos sete trechos de ônibus, sendo que três deles passando a noite toda no coletivo. Saímos vivos, conseguimos chegar nos lugares que queríamos, mas enfrentamos situações que merecem ser lembradas e divididas com os leitores.Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

Antes, é preciso destacar que no Velho Continente o próprio passageiro fica responsável por guardar sua mala no bagageiro. Não há assento marcado, assim, cada um escolhe onde sentar conforme a disponibilidade. Ou seja, quem se posiciona melhor na plataforma de embarque leva vantagem na hora de entrar no ônibus.

A dica então, principalmente para quem está em casal ou em mais gente, é chegar com uma antecedência razoável para que assim que o ônibus encostar já ficar a postos. Quanto mais em cima da hora chegar, maior será a chance do grupo ou casal ficar separado.

parada de onibus viajenoblog

Guardar a bagagem e pegar o lugar predileto não são garantias de viagem de tranquila. Logo no nosso primeiro trecho enfrentado já passamos por uma situação inconveniente. Na viagem noturna de Paris a Amsterdã sentamos logo atrás de uma moça que não desligou a luz de leitura um minuto.

O motivo? Estava assistindo ao filme “Gladiador” no notebook. Foi complicado pegar no sono, isso somado às paradas constantes para o motorista descansar.

Ter uma viagem de ônibus normal passa muito pelas pessoas que irão sentar nos bancos da frente e de trás que você escolher. No da frente tem sempre alguém que quer deitar o assento até o limite. Dependendo do espaço entre um banco e outro no veículo isso pode te apertar. Isso se no de trás o camarada não resolver cruzar a perna e dificultar você de abaixar o seu.

Tem gente inoportuna que nem percebe o que está causando. Por exemplo, escutar música alta mesmo com fone. Já outras sabem muito bem que estão sendo sem educação e agem como se nada estivesse acontecendo. De Munique a Milão, um passageiro entrou pelo menos três vezes no banheiro para fumar. Imagina o cheiro insuportável que ficava toda vez que ele saía.

Aliás, o cigarro nem foi o pior dos problemas nessa terrível jornada entre a Alemanha e a Itália. A conversa interminável entre passageiros atrapalhou qualquer chance de ter uma noite considerável de sono. Bem no banco de trás um cara simplesmente resolveu contar a vida a uma moça que ele havia acabado de conhecer. Claro que nem todo mundo quer ou consegue dormir em ônibus, mas um pouco de bom senso e respeito são necessários durante uma viagem noturna.

Apesar disso, tivemos bons momentos dentro de ônibus na Europa. Viajamos confortavelmente de Veneza a Munique. Tivemos uma noite sem qualquer problema entre Munique e Viena. Um trecho muito bom entre Viena e Budapeste. E observamos a paisagem coberta de neve no caminho entre Viena e Munique.

Deixe uma resposta