Onde comer bem e barato em Lisboa

Portugal é um ótimo destino para os apreciadores da boa culinária: bacalhau, sardinha na brasa e pastéis de nata são apenas algumas das delícias gastronômicas que você encontrará pela terrinha. Um dos países mais econômicos da Zona do Euro, Portugal pode surpreender pelos restaurantes famosos a preços super honestos. Comer bem e barato em Lisboa é uma tarefa fácil, mesmo para quem quer visitar lugares famosos. O popular João do Grão, por exemplo, que fica pertinho da Praça do Rossio, tem pratos a partir de 15 euros. Nada mal né?

Para viajantes mochileiros que desejam economizar ainda mais a notícia é das melhores: é possível. Ainda na região do Rossio, uma dica é procurar pelos restaurantes no entorno do João do Grão. Os preços costumam ser atrativos e os sabores também.

Na praça dos Restauradores, pertinho dali, resolvemos encarar o Taverna Imperial, dica valiosíssima do blog Matraqueando, que como nós também é chegada em economias. Fomos na sugestão do dia “Bacalhau Espiritual”, uma espécie de escondidinho de bacalhau e não nos arrependemos. O prato saiu por cerca de 8 euros cada, mas como não resistimos à porção de bolinhos de bacalhau e queijos que levaram até a mesa (sim, é tudo pago a parte!) tivemos um acréscimo de 3 ou 4 euros na conta por cada porção. Ainda assim, achamos baratíssimo e o valor recompensante.

Lisboa-comer-bem-e-barato-taverna-imperial

Comer bem e barato em Lisboa: fora do centro

Outra parada obrigatória para quem curte gastronomia é o Mercado da Ribeira. O local, que foi totalmente reformado há alguns anos, é o point gastronômico de Lisboa. Por lá você encontra de tudo: desde pratos típicos até hambúrgueres, pizzas, sanduíches, comida vegetariana, etc. Nós fomos de sanduba (12 euros cada) e adoramos. Alguns lugares tem, inclusive, menu do dia com prato principal, bebida e sobremesa por menos de 15 euros. Imperdível.

Lisboa-comer-bem-e-barato-mercado-da-ribeira

Na região de Belém, o restaurante Portugália é o queridinho dos turistas. Por lá os preços giram em torno dos 15 euros, alguns mais caros outros mais baratos. A rede também bem conhecida em Portugal tem vários endereços em Lisboa, além de algumas lojas no estilo “fast food” em shoppings.

Mas o grande destaque de Belém não são os pratos principais, mas sim a sobremesa. É lá que fica a tradicional confeitaria Pastel de Belém. Cada unidade do doce sai por 1,05 euros e é possível comprar caixas com seis e até 50 unidades.

Lisboa-comer-bem-e-barato-pastel-de-belem

Já para quem visita a região da estação Oriente e Parque das Nações a dica é fazer o almoço no Shopping Vasco da Gama que fica bem próximo das principais atrações do bairro. Foi lá que fizemos a refeição mais completa e mais barata de toda a viagem. No restaurante Brasa Rio pudemos matar um pouquinho da saudade do Brasil com um Menu Churrasquinho, que nos custou 5,40 euros cada já com o prato principal, um suco e um cafézinho. O prato (surpreendentemente completo) vinha com ótimas porções de arroz, feijão, batata frita, picanha, frago e linguiça, além de couve, farofinha e vinagrete para acompanhar. Que tal?

Lisboa-comer-bem-e-barato-brasa-rio

Lisboa-comer-bem-e-barato-brasa-rio-conta

Vale lembrar ainda que a melhor forma de comer bem e barato em Lisboa ou qualquer outra cidade é visitar supermercados. Em Lisboa, o Pingo Doce foi uma excelente surpresa (veja aqui nosso guia de supermercados na Europa). Agora, se sua praia for fast foods clássicos descobrimos que o Bic Mac em Lisboa foi um dos mais baratos que encontramos na Europa. Veja aqui!

*Valores de novembro de 2015.

Deixe uma resposta