As regras para cozinhar em hostel

Encarar a boca do fogão durante uma viagem é parte da rotina de quem faz a opção de ficar hospedado em um hostel. Longe de ser um problema, preparar a própria comida ajuda a economizar e é também uma oportunidade de lidar com ingredientes locais, especialmente para quem está fora do país. Seguir algumas regras é fundamental para ter uma convivência tranquila e não incomodar os demais hóspedes.

A organização aparece como item essencial. Antes de comprar os produtos, procure conhecer a estrutura da cozinha do hostel. Veja se tem mais de um fogão, quantas bocas tem, se tem forno, se tem microondas e principalmente a quantidade e tipos de panela. Fica mais fácil decidir o que preparar após se ambientar com o espaço.

O ideal é pensar em alimentos rápidos e com preparo simples. A sugestão é usar ao mesmo tempo duas panelas (duas bocas do fogão) para deixar a possibilidade de mais pessoas usarem a cozinha simultaneamente. O prato que mais fazíamos durante nosso mochilão pela Europa era macarrão. Geralmente cozinhávamos a massa em uma panela e o molho em outra.

A agilidade também vale para quem deseja usar o forno. Leve em conta o tempo quando for preparar tapas, bruschettas, pizzas, lasanhas e outras coisas. Monopolizar o forno por mais de uma hora pode ter certeza que vai gerar irritação em quem está na fila para usar.

Colocar-se no lugar do outro é uma boa forma de avaliar o próprio comportamento. Dentro disso, a outra regra básica é lavar tudo que usar. Ótimo se você conseguir fazer isso ainda enquanto prepara a comida. Mas o ideal é deixar tudo nos trinques após fazer a refeição – mesmo que a preguiça seja grande. Lembre-se que logo atrás vem mais gente para usar a cozinha.Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

Quem nunca se hospedou em hostel pode ficar tranquilo que é tudo muito simples. Os alimentos que você compra podem ser guardados na geladeira do próprio albergue. A orientação deles é anotar o nome e a data do checkout em cada produto. Basta encontrar um espacinho na geladeira que ninguém vai mexer. Produtos como pães, massa de macarrão e demais podem ser deixados também nos armários disponíveis.

Itens básicos como óleo, sal, pimenta e outros temperos geralmente são oferecidos de graça pelo hostel. Ingredientes deixados por outros hóspedes, que já foram embora, ficam em uma caixinha identificada. Você pode usar sem problema e, claro, deixar o que sobrar do que você comprou.

Além disso, fique esperto com o horário que a cozinha está fechada para limpeza. O hostel informa na chegada e cartazes espalhados por locais estratégios indicam o horário para que ninguém atrapalhe.

A geladeira também passa por manutenção pelo menos uma vez por semana. O funcionários aproveitam para ver se o funcionamento está ok e se também não há sobras que podem ser descartadas. Observe a data para não ter surpresas.

 

P.S.: uma dica importante, que ficou faltando no decorrer do post, é evitar o armazenamento mais longo de alimentos mais sensíveis que estragam com facilidade, especialmente os que precisam ficar em local bem conservado. Como a movimentação na cozinha do hostel pode ser intensa, o abre-fecha da geladeira pode comprometer a refrigeração e prejudicar a qualidade da sua comida.

Deixe uma resposta